Acompanhados pelos pais da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ), representantes da Anistia Internacional foram recebidos, nesta quarta-feira 13, pelo governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel. O encontro ocorreu na véspera de completar um ano da morte da vereadora e do motorista Anderson Pedro Gomes e no dia seguinte à prisão dos dois suspeitos do assassinato de ambos.

Após o encontro, Antonio Silva Neto e Marinete Francisco, pais de Marielle, disseram que Witzel se desculpou por ter sido fotografado ao lado de candidatos que quebraram uma placa que homenageava a parlamentar.

“Ele nos pediu desculpas porque não participou ativamente daquele ato e disse que não sabia. Era um ato individual de cada um. Ele não tem como responder por qualquer outra pessoa. Ele assumiu o compromisso [sobre uma] segunda etapa das investigações”, afirmou a mãe da ex-vereadora.

Segundo Marinete Francisco, a identificação dos dois suspeitos constitui apenas um primeiro passo para a elucidação final. “Mas que tenha uma outra etapa de condenação, que eles se mantenham presos e que a denúncia seja aceita, para que a gente possa avançar também nesse ponto.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

MIO TELECOM
CENTRAL: (83) 3450-1177 ou (Tavares) 83- 9 9618-8308, (Princesa Isabel) 9 9850-0074, (Manaíra) 9 9908-2110. Mais informações, clique na imagem.
PREFEITURA MUNICIPAL DE CARNAÍBA
CONSULTORA MARTA ALVES

Telefone/WhatsApp:

(83) 9 9869-0840

ARTE MÍDIA

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB. Fone: (83) 9 9869-8213. Hélio Mendes.