Um áudio mostra o coordenador da Lava Jato em Curitiba (PR), Deltan Dallagnol, comunicando a outros procuradores da força-tarefa sobre liminar do ministro Luiz Fux que derrubou decisão de Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF). A sentença liberava o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para conceder entrevista. Na mensagem de voz, Dallagnol pede aos integrantes da operação que não divulguem a decisão do magistrado para impedir a defesa do petista de entrar com recurso.

“Não vamos alardear isso aí, para evitar a divulgação enquanto for possível”, orientou o coordenador da Lava Jato. E seguiu: “Porque, quanto antes divulgar isso, vai ter recurso do outro lado ou vai para plenário. O pessoal pediu para não comentar e evitar recurso de quem tem uma posição contrária a nossa”, disse. “Mas a notícia é boa, para começar bem o final de semana.” (Metrópoles)

MIO TELECOM
CENTRAL: (83) 3450-1177 ou (Tavares) 83- 9 9618-8308, (Princesa Isabel) 9 9850-0074, (Manaíra) 9 9908-2110. Mais informações, clique na imagem.
PREFEITURA MUNICIPAL DE CARNAÍBA
CONSULTORA MARTA ALVES

Telefone/WhatsApp:

(83) 9 9869-0840

ARTE MÍDIA

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB. Fone: Hélio Mendes.