A Polícia Civil prendeu no estado de Rondônia, próximo da divisa com a Bolívia o acusado de um homicídio cometido em Lagoa da Cruz, Quixaba, em 2013.

Lenildo de Oliveira Nunes, o Pindoca, foi monitorado desde São Francisco do Guaporé, Rondônia. Segundo o Delegado Ubiratan Rocha ele foi preso em Costa Marques, já próximo à divisa com a Bolívia. O trabalho de sua equipe foi determinante.

Em Rondônia atuaram os delegados Hazael Dos Santos e Rondinelly Moreira. Segundo Ubiratan Rocha, a ação é parte do trabalho de desvendar e cumprir mandados de prisão de crimes cometidos há um maior tempo na região.

A vítima, Carlos Eduardo Pereira da Silva foi morto por Lenildo a golpes de faca. O motivo foi banal. Em 17 de novembro daquele ano, Carlos estava com amigos e o som de sua pick-up ligado na Rua Tomé Francisco.

Lenildo pediu e ele baixou o som. Ocorre que pouco depois um amigo de Carlos em outro carro ligou o som. A vítima alertou do pedido de Lenildo. Mas, pensando que era uma afronta, Lenildo puxou uma faca, disse que Carlos estava “tirando onda” com ele e desferiu um golpe no peito de Carlos. Socorrido, morreu no Hospital de Princesa Isabel. (Nill Júnior)

MIO TELECOM
CENTRAL: (83) 3450-1177 ou (Tavares) 83- 9 9618-8308, (Princesa Isabel) 9 9850-0074, (Manaíra) 9 9908-2110. Mais informações, clique na imagem.
PREFEITURA MUNICIPAL DE CARNAÍBA
CONSULTORA MARTA ALVES

Telefone/WhatsApp:

(83) 9 9869-0840

ARTE MÍDIA

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB. Fone: Hélio Mendes.