O Papa Francisco deixou nesta terça-feira (26) o Japão rumo ao Vaticano, encerrando sua visita de quatro dias ao país.

Bispos católicos se despediram do pontífice no aeroporto de Haneda, em Tóquio. A visita de Francisco ao Japão foi a primeira de um chefe da igreja católica em 38 anos.

Ele visitou as cidades de Nagasaki e Hiroshima, onde renovou seus votos em prol da abolição de armas nucleares.

O papa descreveu o emprego e a posse de armas nucleares como algo “imoral” e um obstáculo para o desarmamento nuclear global.

Francisco exortou as pessoas a adotarem medidas concretas visando construir um mundo livre de armas nucleares.

Em um encontro realizado na capital japonesa, o sumo pontífice também encorajou um grupo de jovens a se manifestar e dizer não com o objetivo de acabar com o bullying nas escolas.

MIO TELECOM
PREFEITURA MUNICIPAL DE CARNAÍBA
CONSULTORA MARTA ALVES

Telefone/WhatsApp:

(83) 9 9869-0840

ARTE MÍDIA

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB. Fone: Hélio Mendes.