A Polícia Federal prendeu, na sexta-feira, 29, um homem de 25 anos suspeito de planejar um ataque contra Jair Bolsonaro. Segundo o jornal O Tempo, de Minas Gerais, o homem é um faxineiro ocasional e teria sido contratado por uma empresa terceirizada pelo Exército em Três Corações, região sul de Minas.

Ele foi detido às vésperas de uma solenidade na Escola de Sargentos das Armas, que contou com a presença de Bolsonaro.

O homem foi apontado pela Polícia Militar de Minas Gerais como suspeito de construir um plano de ataque contra Bolsonaro e publicar em redes sociais as etapas de sua tentativa de assassinar o presidente.

Investigações dão conta de que ele teria desistido do crime após ser abordado por um colega que viu a publicação na rede social. Assustado, voltou para casa, onde foi preso.

Além de ter sido decretada sua prisão, o jovem será investigado pela Polícia Federal por crime contra a segurança nacional, cuja pena se estende entre 3 e 10 anos de reclusão. Dois mandados judiciais de busca e apreensão contra ele foram expedidos na manhã do domingo, 1, em Alfenas e Três Corações.

MIO TELECOM
PREFEITURA MUNICIPAL DE CARNAÍBA
CONSULTORA MARTA ALVES

Telefone/WhatsApp:

(83) 9 9869-0840

ARTE MÍDIA

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB. Fone: Hélio Mendes.