WhatsApp

VEREADOR PABLO DANTAS

JUVENTUDE EM AÇÃO!

Tavares/PB

VEREADOR MARCELO DE ZECA

Líder da Oposição na Câmara de Tavares/PB

Designer e Assistência Técnica

Rua Manoel Prudente Nunes, nº 302, Centro-Juru/PB. Tefones: (83) 9.9816-1658 ou 9.9608-7857

JÚNIOR DE MOCINHA

VICE-PREFEITO DE CARNAÍBA/PE

LOJA CM VARIEDADES

Tavares/PB. Fone/WhatApp: (83) 9629-7831

 

 

 

 

 

 
 
 
 

 

Jovens denunciam falta de apoio aos festejos juninos em Serra Talhada

Dp Farol de Notícias

Revoltados com a falta de incentivo e promoção da cultura junina em Serra Talhada, os componentes quadrilha Junina Sem Limites partiram para o embate direto em busca de apoio municipal para garantir a participação do grupo em competições. Na sessão ordinária da Câmara Municipal de Vereadores desta segunda-feira (2) os parlamentares ouviram o desabafo e as reclamações dos produtores culturais.

A quadrilha conta com 80 membros, 46 dançarinos, costureiras e produção. Em 2018, o espetáculo se intitula ‘A Dama da Corte’, que contará a história da rainha negra do Brasil esquecida por muitos, a Chica da Silva.

O corajoso estudante e bailarino, Gustavo Inácio, subiu ao púlpito e questionou olhando para os vereadores, “vocês sabem o que é o São João?” e continuou:

“Para muitos é apenas uma data católica, mas São João é a crença de um povo, é a arte de uma sociedade, é a história do povo Nordestino. O São João somos nós que desde o mês de outubro criamos espetáculos. Oito horas de ensaio por semana para poder termos a chance de levar o nome da nossa cidade. Pedimos contribuições nos sinais e muitas moedas ajudam mais que o município. É uma vergonha chegar o São João e o município contribuir com R$ 500 em um espetáculo que custa R$ 42 mil”, reivindicou.

RESISTÊNCIA - Além da quebra da tradição junina na cidade, o estudante chamou a atenção para o fim do legado de mais de 50 quadrilhas que existiam na cidade há cinco anos, atualmente resistem nove. Os quadrilheiros precisam de ajuda para ir se apresentar em Arcoverde e Caruaru, já que Serra Talhada não há mais espaço.

“A Quadrilha Junina Sem Limite não é apenas a quadrilha do Centro, é da cidade. Temos pessoas de todos os bairros, desde o Vila Bela, Cohab, Borborema. O espetáculo é uma bandeira do povo negro, contra o machismo, e contra a LGBTFobia, onde a gente vai trazer pela primeira vez na história da cidade a discussão homossexual. Há cinco anos atrás nós tínhamos mais 50 quadrilhas em Serra Talhada, agora só temos 9”, falou com indignação.

REAÇÃO - A reação dos vereadores, em particular da oposição, foi imediata. O líder da Oposição, Antonio de Antenor, disse que a Prefeitura de Serra Talhada ‘só pensa em xaxado e Lampião’ e não apoia as culturas que estão se destacando e resistindo na periferia.

“Aqui só se se fala em xaxado, xaxado e Lampião, só isso. É lamentável”, disparou Rosimério de Cuca. Dedinha Inácio foi no mesmo tom. “Só tem dinheiro e ajuda para xaxado e Lampião. Serra Talhada é muito mais do que isso”, sintetizou.

IVINET

CENTRAL: (83) 3450-1177 ou (Tavares) 83- 9 9618-8308, (Princesa Isabel) 9 9850-0074, (Manaíra) 9 9908-2110. Mais informações, clique na imagem.

PREFEITURA DE TAVARES/PB

PREFEITURA DE CARNAÍBA/PE

ARTE MÍDIA

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB. Fone: (83) 9 9869-8213. Hélio Mendes.

ÓTICAS SANTA LUZIA

Rua Manoel Lima, ao lado da Agência dos Correios, Centro - Tavares/PB. Fone: (83) 9869-0840. Adm: José Valdeney e Marta Alves.