WhatsApp

VEREADOR PABLO DANTAS

JUVENTUDE EM AÇÃO!

Tavares/PB

 

Ao lado do Bar de Kali, Rua Dr. José Henriques, Centro, Manaíra/PB. Contato: (83) 9.9948-3338

CONSULTORA MARTA ALVES

Telefone/WhatsApp: 

(83) 9 9869-0840

JÚNIOR DE MOCINHA

VICE-PREFEITO DE CARNAÍBA/PE

 

 

 

 
 

 

 

 

 
 
 
 

 

Haddad diz que reforma da Previdência deveria começar pelos militares

O ex-prefeito Fernando Haddad defendeu nessa quinta-feira, 10, que os militares sejam os primeiros a entrarem na reforma da Previdência que deverá ser apresentada pelo governo de Jair Bolsonaro. 

“Reforma dos sistemas previdenciários deveria focar inicialmente privilégios dos regimes próprios, incluindo militares, até para legitimar ajustes do regime geral. ‘Governo estuda excluir afastamento por doença de cálculo para aposentadoria'”, escreveu Haddad pelo Twitter, ao compartilhar notícia em que o governo avalia excluir auxílio-doença do calculo da aposentadoria. 

Levantamento do TCU de 2017 mostra que as regras para os militares brasileiros receberem seus benefícios previdenciários são mais generosas do que as normas impostas em outros países, como os Estados Unidos e o Reino Unido, onde eles nem recebem o benefício integral; militares do Reino Unido e dos EUA não recebem benefício integral e britânicos têm idade mínima, aponta TCU.

Vários militares do governo Bolsonaro já se manifestaram contra reforma da Previdência no âmbito militar. O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, disse que os militares estão “excluídos da reforma da Previdência” porque possuem uma carreira diferenciada das demais.

“As Forças Armadas são um seguro caro que toda nação forte tem que ter. Temos uma proteção para essas especificidades da carreira. Se o nome é reforma da Previdência não estamos nela”, disse o general em entrevista ao jornal Valor Econômico.

O vice-presidente Hamilton Mourão, general da reserva, disse que os militares devem ter aposentadoria diferenciada. “O sistema é diferenciado por característica da profissão. Os militares não precisam de PEC. O presidente pode mexer por lei. Acredito que [o assunto] vai ser tratado de forma separada”, disse Mourão. (Brasil 247)

MIO TELECOM/IVINET

CENTRAL: (83) 3450-1177 ou (Tavares) 83- 9 9618-8308, (Princesa Isabel) 9 9850-0074, (Manaíra) 9 9908-2110. Mais informações, clique na imagem.

VEREADOR ÉDSON CORDEIRO

PRESIDENTE DA CÂMARA DE TAVARES, PB 

PREFEITURA DE CARNAÍBA/PE

ARTE MÍDIA

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB. Fone: (83) 9 9869-8213. Hélio Mendes.

LUIZ DA TELPA

VEREADOR 

TAVARES/PB